Eu não vou falar de Salon Line

Quero dizer, só dessa vez.

Influenciada pelas blogueiras do youtube (que eu amo), que é a rede social que mais uso ultimamente, eu resolvi testar um produto da salon line que servia para co-wash, que era muito parecido com o famoso Yamasterol, mas sem aquele cheiro característico que a gente tenta mascarar com algum óleo essencial.

E essa foi a pior escolha que fiz.

Meu cabelo simplesmente começou a cair. Todo banho era uma decepção, cada vez mais cabelo caia ao lavar e após ao escova-lo depois. Nesse momento eu ainda não sabia que aquele produto era o motivo de eu estar com queda capilar pois, de início, pensei que era por causa do estresse e ansiedade causada pela rotina de universidade.

Mas foi só eu parar de usa-lo e umas semana depois meu cabelo praticamente tinha parado de cair. E eu não decidi fazer isso assim, do nada. Foi por que fiz a stalker no youtube e pesquisei todas as más experiências que outras meninas tiveram com a marca, que na maioria das vezes estavam associadas com queda!!!

Depois desse evento, eu não arrisquei comprar mais nada da marca, mesmo vendo tantas embaixadoras dela que agora só falam de produtos dessa marca (o que é bem chato e monotono).

As embaixadoras da salon line. Eu queria falar sobre isso… mas nem culpo as meninas, que aproveitam essa oportunidade dada pela empresa para ganhar seu dinheiro com o youtube, o que deve ajudar muito. Quem recusaria, nao é mesmo?

Mas a marca é que foi esperta, garantiu uma publicidade muuuito efetiva, por que todas nós sabemos o quanto a opinião destas blogueiras influencia na nossa decisão final ao escolher um produto.

Fernanda.

Anúncios

Olá, pessoas. :)

Olha, eu demorei pra tomar essa iniciativa, mas cá estou, depois de estar por tanto tempo do outro lado, seguindo muitas blogueiríneas.

Decidi fazer esse blog pra falar sobre estética, principalmente a negra, consumo consciente, cosmetologia natural.

E pra falar também sobre cabelo, claro. Como cuido do meu e umas diquinhas que são sempre bem vindas, mas sem fazer delas uma regra, vamos deixar nosso cabelo ser mais ele mesmo, né?

No mais, é isso.

Vejam mais adiante.

Com carinho, Fernanda.